segunda-feira , dezembro 5 2016

Assistir Tigres x Flamengo Ao vivo 14/03/2015

Assistir Tigres x Flamengo Ao vivo

Canal 1

Canal 2

Canal 3

Canal 4

Para seguir no G-4, Flamengo x Tigres ao vivo e busca terceira vitória seguida, venha assistir

Após a virada de 2 a 1 diante do Volta Redonda, que deu mais ânimo ao time, o Flamengo busca a segunda vitória consecutiva no Campeonato Carioca neste sábado, quando visita o Tigres do Brasil a partir das 16h (de Brasília), no Estádio Los Larios, em Duque de Caxias (RJ), pela décima rodada da competição. Assistir Tigres x Flamengo Ao vivo

Com vinte pontos conquistados, o Rubro-Negro vai em busca da terceira vitória seguida na competião e precisa do resultado positivo para não correr riscos de deixar o chamado G-4, a zona de classificação para as semifinais. Já o representante da Baixada Fluminense, que vem de derrota de 3 a 0 para o Botafogo, tem sete pontos e planeja se distanciar de vez do fantasma do rebaixamento. Assistir Tigres x Flamengo Ao vivo

Vanderlei Luxemburgo, técnico do Flamengo, conversou com seus jogadores e passou a importância estratégica do jogo deste sábado. Ele lembrou que depois desta partida faltarão apenas cinco jogos para o término da fase de classificação, sendo dois clássicos, diante do Vasco e do Fluminense.

“Nós precisamos de uma determinada pontuação para garantirmos a classificação para as semifinais e ela não está perto. Portanto, nos seis jogos que teremos pela frente não podemos perder pontos em algumas ocasiões. Considero esse jogo contra o Tigres como estratégico, pois trata-se de uma partida fora de casa, diante de um time bem aguerrido e que tem dado trabalho. Se conseguirmos ganhar, vamos dar um passo muito importante para atingirmos o nosso primeiro objetivo”, analisou Luxemburgo.

Na visão dos jogadores do Flamengo, a partida deste sábado se desenha muito complicada e por isso o time precisa estar em um dia inspirado. Para o goleiro Paulo Victor, um bom caminho é repetir o desempenho mostrado no segundo tempo do jogo contra o Volta Redonda.

“O Flamengo conseguiu reagir dentro do jogo diante do Volta Redonda, apresentando dois tempos distintos. Claro que a gente trabalha buscando a regularidade ao longo dos noventa minutos, mas isso nem sempre é possível. Contra o Volta Redonda valeu muito a nossa capacidade de reação e agora temos que trabalhar para que o desempenho da segunda etapa seja repetido neste jogo contra o Tigres”, disse o arqueiro.

Para este jogo Vanderlei Luxemburgo poderá contar com o lateral esquerdo Anderson Pico, que chegou a ter o veto dado como certo por conta de um trauma no pé direito. Thallyson, contratado junto ao ASA-AL, mas que ainda não agradou, estava de sobreaviso. Com baixo rendimento em campo, o meia argentino Lucas Mugni pode acabar sendo barrado. Neste cenário, Paulinho é o mais cotado para começar jogando.

Pelo lado do Tigres, o técnico Rubens Filho aposta no fator campo para conseguir pontuar. Ele lembra que uma das melhores atuação da equipe foi no empate por 1 a 1 com o Vasco, justamente no Estádio Los Lários.

“É muito importante jogar no próprio estádio, pois é neste campo que trabalhamos todos os dias. Contra o Vasco foi um exemplo de como isso é importante. Sei que teremos mais uma pedreira pela frente, como foi contra o Botafogo, mas com empenho e dedicação creio que a gente consiga jogar de igual para igual e buscar o resultado que nos interessa”, disse Rubens Filho.

O Tigres não poderá contar neste jogo com o zagueiro Edson, suspenso por ter sido advertido com o terceiro amarelo diante do Botafogo. Apesar de a escalação não ter sido revelada, a tendência é que Tiago Spice assuma o setor.

FICHA TÉCNICA
TIGRES X FLAMENGO

Local: Estádio Los Lários, em Duque de Caxias (RJ)
Data: 14 de março de 2015 (Sábado)
Horário: 19h30(de Brasília)
Árbitro: Philip Gerog Bennett (RJ)
Assistentes:Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Andréa Marcelino de Sá (RJ)

TIGRES: Santiago, Zé Carlos, Matheus e Tiago Space; Tiago Bastos, Leão, Sassá, Jean Carioca e Renan; Ricardinho e Paulinho Guará
Técnico:Rubens Filho

FLAMENGO: Paulo Victor; Pará, Bressan, Wallace e Anderson Pico; Márcio Araújo, Héctor Canteros e Lucas Mugni (Paulinho); Gabriel, Eduardo da Silva e Marcelo Cirino
Técnico: Vanderlei Luxemburgo