segunda-feira , dezembro 5 2016

Assistir São Paulo x XV de Piracicaba Ao vivo 07/02/2015

Assistir São Paulo x XV de Piracicaba Ao vivo

Canal 1

Canal 2

Canal 3

Canal 4

São Paulo x XV de Piracicaba – Tabu de quase 30 anos motiva XV… mas Roque Júnior balança!

A última vitória do time do Morumbi como mandante, neste confronto, aconteceu no longínquo 22 de julho de 1987

A última vitória do time do Morumbi como mandante, neste confronto, aconteceu no longínquo 22 de julho de 1987, quando goleou o time piracicabano por 4 a 1. De lá para cá, foram quatro jogos com o São Paulo como mandante, com três vitórias alvinegras e um empate. Outro dado curioso é que nos últimos oito embates entre ambos, somente os visitantes venceram. Só o Sampa venceu os quatro jogos em Piracicaba.

Apesar dos números altamente favoráveis, o XV terá de se superar para não ver Roque Júnior correndo risco de perder o cargo. O Tricolor, até agora, venceu bem seus jogos apesar de estar ainda longe do ideal. Foram vitórias sobre Penapolense (3 x 1) e Capivariano (4 x 2) que deixam o time na liderança da Grupo A, com seis pontos. Já os alvinegros perderam para Mogi Mirim (1 x 0) e São Bernardo (2 x 1). Por isso, é penúltimo do Grupo D, sem nada.

OLHO NA PARTE FÍSICA
O São Paulo sofrerá algumas alterações em relação à equipe que venceu o Capivariano. O técnico Muricy Ramalho confirmou que fará mudanças, mas preferiu não adiantar quem ganhará oportunidades. Segundo o treinador, a principal preocupação neste início de temporada é com a parte física dos jogadores e as escalações serão definidas de acordo com quem estiver melhor no momento.

“Não vamos mudar muito. O que preocupa é que ainda estamos em pré-temporada e estamos olhando a parte física. Não deve haver grandes mudanças, mas vou esperar até a amanhã (sábado) e conversar com os jogadores. O Toloi saiu porque sentiu uma paulistinha… vamos ver. Terão mudanças, mas poucas”, avisou o treinador.

A única volta confirmada por enquanto é do atacante Luis Fabiano, poupado no meio de semana para evitar o desgaste excessivo. Autor de um dos gols na vitória na estreia contra a Penapolense por 3 a 1, ele retorna para compor ataque possivelmente com Alan Kardec.

“Colocamos o Pato e o Kardec para ele recuperar, o pensamento na quarta era esse. Em Penápolis colocamos o Pato 10 minutos e isso é ruim. Queria vê-lo num jogo inteiro e disse que ele precisa brigar mais, e que tem que ser o ano todo porque senão esses três gols não valerão nada. Ainda estamos no período de montagem, mas precisava dar mais rodagem a esse elenco”, explicou Muricy.