terça-feira , dezembro 6 2016

Assistir Paris Saint Germain x Chelsea Ao vivo 17/02/2015

Assistir Paris Saint Germain x Chelsea Ao vivo

Canal 1

Canal 2

Canal 3

Canal 4

Paris Saint Germain x Chelsea ao vivo: Duelo recheado de brasileiros promete

Zagueiro David Luiz, hoje no time francês, avisa que não cumprimentará o técnico José Mourinho, seu desafeto, hoje Assistir Paris Saint Germain x Chelsea ao vivo

Dois velhos desafetos estarão frente a frente hoje, no duelo entre Paris Saint Germain e Chelsea, às 17h45 (horário de Brasília), no Parque do Príncipes, na abertura das oitavas de final da Liga dos Campeões. O zagueiro brasileiro David Luiz, hoje no time francês, garantiu que não apertará a mão de José Mourinho, seu ex-técnico, antes do jogo — admite, porém, que sua saída dos ‘Blues’ não teve a ver com a conturbada relação com o treinador.

“Tentam inventar histórias sobre mim e Mourinho. Não é verdade”, resumiu. Os brasileiros Lucas e Marquinhos desfalcam o PSG. No Chelsea, Oscar é dúvida. No outro jogo de hoje, o Shakhtar Donetsk recebe o Bayern de Munique, no duelo entre o brasileiro Luiz Adriano, artilheiro da competição (9 gols), e Neuer, eleito o melhor goleiro da Copa de 2014.

Novo rico do futebol mundial, o Paris Saint-Germain fez apenas uma grande contratação para esta temporada: David Luiz, zagueiro do Chelsea, comprado por 50 milhões de euros. Nesta terça-feira, o brasileiro reencontra o ex-clube na partida de ida das oitavas de final da Champions League, às 17h45, no Parque dos Príncipes. O momento das equipes, porém, é diferente, para o bem e para o mal, com o que era observado na última temporada.

“O Chelsea está melhor nesta temporada. Acima de tudo, eles estão mais equilibrados após a chegada de Fàbregas. Talvez, ele seja o jogador que estava faltando. Ele equilibra o meio-campo, faz o time jogar bem e sabe segurar a bola,” afirmou David Luiz. Em entrevista coletiva nesta terça-feira, José Mourinho foi na mesma linha do brasileiro e disse que, ao contrário do adversário, o Chelsea hoje é um time diferente, com novos jogadores e novo estilo.

Os números provam essa evolução da equipe londrina, que lidera o Campeonato Inglês com sete pontos de vantagem sobre o segundo colocado, que é o Manchester City. No mesmo período da última temporada, o Chelsea também estava na primeira posição, mas a um ponto de distância para o Arsenal, então vice-líder. Além da diferença folgada na ponta do campeonato nacional, o time está na final da Copa da Liga Inglesa, o que não atingiu no ano passado.

Muito dessa grande fase tem ‘responsabilidade’ da dupla Fábregas-Diego Costa, contratada por 71 milhões de euros. O meia espanhol soma 20 assistências na temporada, sendo líder deste quesito no Campeonato Inglês (com 15) e vice-líder na Champions League (com três). Já o atacante ex-Atlético de Madri, brasileiro naturalizado espanhol, é o artilheiro da Premier League com 17 gols.

Além do ganho técnico, Fábregas e Diego Costa ajudaram a trazer uma regularidade na escalação do time titular, que, na última temporada, trazia oscilações nas posições de atacante (na qual alternavam Eto’o, Fernando Torres e Demba Ba) e de volante. No meio-campo, inclusive, quem atuava muitas vezes era David Luiz, escalado como volante já que na zaga havia perdido espaço para a dupla de ingleses Cahill e Terry.