domingo , dezembro 4 2016

Assistir Flamengo x Bangu Ao vivo 25/03/2015

Assistir Flamengo x Bangu Ao vivo

Canal 1

Canal 2

Canal 3

Canal 4

Embalado e desfalcado, Flamengo busca encaminhar vaga contra o Bangu ao vivo

Assistir Flamengo x Bangu Ao vivo Embalado pela vitória de 2 a 1 no clássico diante do Vasco, o Flamengo tenta a quinta vitória consecutiva no Campeonato Carioca nesta quarta-feira, quando medirá forças com o Bangu, às 22 horas, no Maracanã, pela 12ª rodada.

O Rubro-Negro soma 26 pontos, dividindo a segunda posição com Madureira e Cruz-Maltino, todos com dois pontos a menos que o Botafogo. Um triunfo agora pode deixar a vaga nas semifinais muito bem encaminhada.

Vanderlei Luxemburgo, técnico do Flamengo, procurou blindar seus jogadores, mostrando a eles que a vitória contra o Vasco logo cairá no esquecimento no caso de um tropeço diante do Bangu. Por isso ele pretende ver seu time focado na conquista dos três pontos.

“O Flamengo conseguiu um grande resultado contra o Vasco, que foi muito bom para o Campeonato Carioca. Mas precisamos vencer o Bangu para que a boa fase permaneça, assim como a confiança de todos”, disse Luxa.

Assistir Flamengo x Bangu Ao vivo A equipe tem muitos desfalques para este jogo. Durante a partida contra o Vasco, o zagueiro Wallace e o volante argentino Canteros foram advertidos com o terceiro cartão amarelo e terão que cumprir suspensão imediata, assim como o lateral-esquerdo Anderson Pico e o atacante Paulinho, expulsos no mesmo jogo. Já o volante paraguaio Cáceres está com a seleção de seu país para a disputa de amistosos internacionais.

Na zaga, sem Wallace e sem Bressan, que foi convocado para a seleção brasileira olímpica, Vanderlei Luxemburgo tem como opções Marcelo e Frauches, uma vez que Samir continua vetado por conta de um estiramento muscular na coxa esquerda. Na lateral esquerda as opções são Thallyson, que ainda não agradou, e Jorge, prata da casa.Assim, uma improvisação no setor não está descartada.

Neste cenário, o meia Everton poderia ocupar o lado esquerdo, mas como voltou de lesão apenas no clássico, dificilmente vai ser utilizado. Assim, ele pode entrar no meio, onde Arthur Maia está descartado, por lesão. Existe ainda a possibilidade de se deslocar Pará de lateral e improvisar Luiz Antonio, volante, na direita.

O esquema com três volantes pode acabar sendo desfeito por conta dos desfalques de Canteros e Cáceres. Jonas é desfalque, por lesão. Márcio Araújo é certeza em campo. Meia de origem, o argentino Lucas Mugni pode aparecer como volante.

Já Paulinho é um desfalque que causa mais problema para Vanderlei Luxemburgo mudar o time no decorrer da partida, uma vez que o jogador vinha entrando no segundo tempo porque estava se recuperando de cirurgia. O ataque, portanto, permanecerá com Marcelo Cirino, Alecsandro e Gabriel.

Pelo lado do Bangu, o técnico Mário Marques acredita que seus jogadores entrarão em campo motivados. Após o empate por 1 a 1 com o Macaé, no fim de semana, os banguenses aparecem na oitava posição, com 16 pontos, sem risco de rebaixamento, mas com pouca chance de sonhar com as semifinais. Apesar disso, o treinador espera um bom desempenho.

“Um duelo contra o Flamengo vale sempre pela grandeza do confronto. Além disso, queremos terminar o Campeonato Carioca na melhor colocação possível”, disse Mário.

O treinador do Bangu não quis confirmar a escalação que pretende mandar a campo, mas sem problemas de suspensão, deverá repetir a formação que empatou com o Macaé no sábado.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO X BANGU

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 25 de março de 2015 (Quarta-feira)
Horário: 22h(de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Thiago Corrêa Farinha (RJ)

FLAMENGO: Paulo Victor, Pará, Marcelo, Frauches e Thallyson (Lucas Mugni); Márcio Araújo, Luiz Antonio e Eduardo da Silva; Gabriel, Alecsandro e Marcelo Cirino.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

BANGU: Marcio, Luciano, Sergio Raphael, Luis Filipe e Guilherme; Anderson Penna, Magno, Raphael e Almir; Deivison e Bruno Luiz
Técnico: Mário Marques